Informação - Integração - Imparcialidade

- Advertisement -

Alunos das escolas municipais do Rio fazem a festa do Atletismo no Engenhão

Centenas de alunos da Rede Municipal de Ensino do Rio venceram suas próprias barreiras físicas em busca de medalhas em diferentes provas de Atletismo no Estádio Olímpico Nilton Santos, o Engenhão, nesta quarta-feira. Os pequenos atletas, com idades entre 7 e 15 anos, disputaram a etapa de Atletismo dos Jogos Estudantis da Prefeitura do Rio.

Nem mesmo o sol forte, que trouxe ares de verão à Cidade em plena primavera, roubou o fôlego dos 1600 participantes. O sonho de levar uma medalha para casa e, quem sabe, bater um recorde escolar, era maior.

Foi assim com o pequeno e determinado Vitor Floriano, 8 anos, aluno do 3º ano do Ciep Patrice Lumumba, de Del Castilho, vencedor de uma prova de velocidade na categoria pré-mirim. “Fiquei muito feliz de ter vencido. O segredo é treinar muito e não desistir”, ensinava, orgulhoso o fã do ‘Raio’ Usain Bolt, após sua conquista.

Já Vânia Silva Lopes, 11 anos, sonhava longe ao se concentrar para saltar em distância. A meta? Ser atleta profissional. “Eu já queria ser atleta e desde que comecei me apaixonei por esse esporte. Além de ser muito simples entender, o salto pede muito impulso, o que pode ser uma vantagem para mim. Estou treinando desde o 1° ano para competições”, revelou a aluna do 6º ano do Ginásio Olímpico Juan Antonio Samaranch, em Santa Teresa.

Realizado com a participação de 200 professores e voluntários, o evento, que contou com apoio do Sesc e do Clube de Regatas Botafogo, começou às 8h30 e foi encerrado às 17h, com dezenas de pequenos campeões. Após participar das provas, a garotada pode se divertir com oficinas esportivas e recreativas.

Para a subsecretária de Ensino da Secretaria Municipal de Ensino, Maria Nazareth Vasconcellos, o evento une duas pontas importantes para os alunos da Rede: Educação e o esporte.

“Um evento como os Jogos Estudantis mostra que a SME está trabalhando pelo ensino de qualidade unido ao esporte. Dá para imaginar quantos talentos nós vamos descobrir aqui e observar os que já foram. E eles vão ser capazes de alcançar voos e ser muito melhores do que já são”, destaco

Coordenador dos Jogos Estudantis, o professor Daniel Mattos destacou o esforço da SME e seus parceiros para realizar a etapa de Atletismo e em um espaço que tem a marca de campeões mundiais do esporte. “Fazer os jogos acontecerem nesse ano e nesse espaço foi um sonho. Vemos como a competição sai da esfera da brincadeira e passa a ser encarada como algo muito maior para essas crianças. O esporte se torna um instrumento de transformação de vidas”

Vice-presidente do Botafogo de Futebol e Regata, Anderson Simões lembrou da importância dos Jogos serem realizados no estádio olímpico. “Nós do Botafogo queremos a integração do esporte com a educação. As crianças que participam dessa competição têm um dia especial na vida delas. Estão correndo na mesma pista de atletismo que foi palco das Olimpíadas de 2016. Poder proporcionar isso tem uma importância imensa para nós do Botafogo. E o nosso estádio é uma ferramenta que pode e deve ser utilizada para promover esse fim”.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

×
Ola
Mande sua noticia