Informação - Integração - Imparcialidade

- Advertisement -

COPACABANA 127 ANOS!

COPACABANA 127 ANOS PARABÉNS!

 

Antes, conhecida como Sacopenapã, em tupi quer dizer “o caminho dos socós”, passa a se chamar Copacabana em meados do século 18. Há três hipóteses para a escolha do nome. A primeira vem da língua quíchua (do Peru e da Bolívia) e significa lugar luminoso ou praia. As outras duas possibilidades teriam origem na língua aymara (também falada em alguns países da América do sul) e significaria “vista do lago” ou “aquele que atira a pedra preciosa”.

 

Em 1779 Copacabana é integrada no sistema defensivo da cidade, para evitar a entrada de piratas. No começo, Copacabana só tinha acesso pelo mar. Outra curiosidade do bairro é que, próximo de 1917, os banhos de mar eram restritos. O prefeito da época, Amaro Cavalcanti, baixou um decreto regulamentando o banho de mar, com dia e horário.

 

 

Construído no ano 1892, o “Túnel Velho” contribuiu diretamente para o desenvolvimento do bairro de Copacabana. A obra, que foi comandada pelo engenheiro Coelho Cintra, liga Botafogo a Copacabana entre as ruas Real Grandeza e Siqueira Campos.

Por conta da idade da construção, o apelido “Túnel Velho” foi adotado. Ele também já foi chamado (oficialmente) de Túnel Real Grandeza. Contudo, o atual nome da construção é Alaor Prata, em homenagem ao prefeito que esteve à frente do município do Rio de Janeiro entre os anos 1922 e 1926.

Considerado atualmente um dos bairros mais famosos e prestigiados do Brasil e um dos mais conhecidos do mundo. Tem o apelido de Princesinha do Mar e Coração da Zona Sul. Faz divisa com os bairros da Lagoa, Ipanema, Botafogo, Leme e Humaitá.

Em termos populacionais, é o bairro mais populoso da Zona Sul dos quais cerca de 1/3 é composta por idosos, com idade igual ou superior a 60 anos de idade. De fato, Copacabana é por vezes apontado como “o bairro com população mais idosa” do país.

Copacabana atrai um grande contingente de turistas para seus mais de oitenta hotéis, que ficam especialmente cheios durante as épocas do ano-novo e do carnaval. No fim de ano, a tradicional queima de fogos na Praia de Copacabana atrai uma multidão. A orla ainda é lugar de variados eventos, como shows nacionais e internacionais, durante o resto do ano.

Longe do glamour dos “Anos Dourados” Nossa Princesinha mantém sua importância histórica e financeira, resistindo bravamente ao descaso de vários anos de desgoverno que têm tentado apagar o seu brilho. Mesmo assim, Copacabana permanece sendo o bairro com uma das mais belas praias urbanas do mundo. E sua luz ninguém apagará!

Parabéns “Senhora Princesinha” !

 

DENILSON GUEDES. (BANDEIRINHA COPACABANA)

Sábado seis de julho de 2019.

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

×
Ola
Mande sua noticia