Informação - Integração - Imparcialidade

- Advertisement -

Wagner Tiso e Tunai fazem show em homenagem a Elis Regina abrindo o projeto Diário do Rio Musical

 

O show ‘Saudade da Elis (As Aparências Enganam)’ abre com chave de ouro o Projeto Diário do Rio Musical, cuja ideia é resgatar a MPB em toda sua essência e relevância para o cenário artístico e cultural do país. Nomes que fizeram história em nossa música e que muitos brasileiros da nova geração não puderam ver em grandes shows e festivais ou mesmo ouvir no dial de nossas rádios. O maestro, arranjador e compositor Wagner Tiso e o cantor e compositor Tunai prestam homenagem a Elis Regina (1945-1982), ícone da MPB, no show que acontece no dia 03 de setembro, no Teatro Rival Petrobras, na Cinelândia, Rio.

Neste show, além das canções imortalizadas na voz da eterna ‘Pimentinha’ , o repertório inclui canções como ‘Coração de Estudante”, composição de Tiso com Milton Nascimento, e o maior sucesso de Tunai, ‘Frisson’. O compositor já declarou em entrevista que tem uma dívida com Elis, pois ela abriu as portas do meio musical para Tunai. Depois que Elis gravou suas músicas, outras cantoras também o gravaram, como Gal Costa, Simone e Nana Caymmi.

O repertório resgata memórias de diferentes épocas. “As pessoas se emocionam muito com o show”, revela Tiso. Os dois mineiros oferecem um passeio pelo que há de melhor na MPB. “Antes de cada música, Tunai fala o que aquela canção representou”, adianta Wagner, que ainda ressalta o quanto o cancioneiro brasileiro é rico. No entanto, lamenta que tenha se reduzida a valorização da boa música. “Na era digital, em que canções podem ser baixadas pela internet, letristas não recebem o devido reconhecimento”, adverte Tiso.

O projeto surgiu em 2012, após Tiso participar do disco ‘Eternamente’, em que Tunai regravou seus sucessos. Juntos, decidiram realizar essa homenagem a Elis, tendo como base apenas piano, violão e voz. O nome do show que faz homenagem a Elis é uma alusão a uma turnê que a cantora estreou em 20 de março de 1980, o ‘Saudade do Brasil’, desenvolvido com seu marido da época, o maestro César Camargo Mariano. Por meio das canções de diversos compositores que já tinham gravado, Elis e alguns atores encenavam as músicas, contavam histórias do país e elaborava reflexões no público, a partir das letras das canções. O show foi considerado um dos mais importantes de sua carreira, inaugurando uma nova forma de fazer show no Brasil.

Como forma de gratidão, Wagner Tiso e Tunai se juntam no show ‘Saudade da Elis’. Tiso foi apresentado a Elis Regina em 1964, na companhia de Milton Nascimento. Tunai foi apresentado dez anos depois, por João Bosco, de quem ela já havia gravado ‘Bala com Bala’ durante toda sua trajetória.

Serviço
Teatro Rival Petrobras (Rua Álvaro Alvim, 33/37, Cinelândia, Rio de Janeiro)
Data: 3 de setembro (terça-feira)
Horário: 19h30
Abertura da casa: 18h
Ingressos: R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia-entrada) *
Bilheteria: terça a sexta, das 13h às 21h / Sábados e feriados, das 16h às 22h
Censura: 18 anos
www.rivalpetrobras.com.br
Informações: (21) 2240-9796
Capacidade: 350 pessoas
Metrô/VLT: Estação Cinelândia
*Meia entrada: estudante, idosos, professores da rede pública, funcionários da Petrobras, clientes com Cartão Petrobras e assinantes O Globo.

Fotos: José Luiz Pederneiras

Informações

Claudia Mastrange

21 97029-9005

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

×
Ola
Mande sua noticia